#PELAIINDICA: VELOZES & FURISOS 8

E aí, gente. Tudo belezinha?

Semana passada o #BlogDoPelai foi convidado pelo Shopping Iguatemi Rio Preto, para assistir Velozes & Furiosos 8. Vem comigo que vou contar um pouco sobre o que rolou.

É interessante ver como a franquia se transformou ao longo dos anos. Se no quinto filme, feito no Rio de Janeiro, a série acertou lindamente nas cenas de ação aliado ao carisma de The Rock (O MONSTRO), foi no episódio seguinte que se alcançou o tom irônico de não se levar nem um pouco a sério, trazendo uma bem-vinda leveza aos já tradicionais exageros nas desventuras de Dom Toretto e a família - não por acaso, Velozes & Furiosos 6 é por muitos considerado o melhor da franquia. Não podemos esquecer do sétimo filme, certo, onde teve um grande apelo emocional e estruturalmente problemático, devido  a morte de Paul Walker. Mas, vamos ao que interessa.

Chama atenção como Velozes & Furiosos 6 e o 8 são estruturalmente parecidos. Os dois começam com a imagem de um carro FODA em um cenário MAIS FODA AINDA e trazendo os atores vivendo uma lua de mel, neste caso, literalmente. Me chamou muita atenção também, as piadas em torno do porte físico do monstro The Rock e nas tiradas de Tyrese Gibson, o Roman!

Como vimos nos trailers, o gancho desta nova aventura é o Dominic Toretto, líder da gangue, se voltar contra os amigos devido a uma misteriosa chantagem feita por Cipher, a vilã da vez. Mas olha, essa vilã dos infernos dá bastante desespero, na boa, que vontade de mata-la. Mas relaxa, prometo que no final da tudo certo.

Uma coisa que não só eu, e sim muitas outras pessoas notaram, foi a falta de corridas no filme. Mesmo pra mim sendo um dos melhores filmes da franquia, eles focaram mais em explosões, destruições e deixaram um pouco de lado os rachas. Claro, tudo isso feito do melhor jeito possível.
Vocês não podem deixar de ver nos cinemas. Mas uma recomendação, se vocês entram no clima do filme igual a mim, leva um calmante, ok?!

Grande Abraço e follow-me!

@Lucaspelai

#TamoJunto
Fotos: Divulgação
Cinépolis Iguatemi Rio Preto
Iguatemi Rio Preto
Lacerda Comunicação


Comentários