#PELAIINDICA - O ÚLTIMO CAÇADOR DE BRUXAS




A noite começou de fato quando decidi ir ao cinema num sábado. Chegando lá, comprei o ingresso de um filme porque o nome e o ator me chamaram muita atenção: "O Último Caçador de Bruxas", com o Vin Diesel.  O filme começou movimentado, com obviamente caçadas a bruxas e a rainha. No calor da luta, pronto! Ferrou de vez! Pragas e bruxas pra todo lado e claro, muito susto para quem estava assistindo, (Ah, e muito obrigado Paris Filmes, por me proporcionar testes gratuitos do coração), mas ok. Vamos ao que interessa, o filme.


            Entre o grupo de caçadores está Kaulder, interpretado por Vin Diesel, um caçador movido pela raiva e pela vontade de acabar com as bruxas a rainha após ela matar a mulher e a filha dele.. É aí que começa toda trama do filme, pois há um segredo e uma maldição lançada ao caçador, a imortalidade.

Uma coisa que chama a atenção é a sede de vingança e a solidão de Kaulder, claro que de início não dá para saber o motivo de tanto ódio, porém, com o desenrolar da história o motivo é revelado.

A trama é capaz de prender o espectador a tal ponto que  em algumas cenas é inevitável não pensar em quem realmente podemos confiar, podemos confiar na família? Nos amigos? Nas pessoas que entram de repente em nossas vidas? Em meio a tantas perguntas o segredo de Kaulder é revelado.

Graças a um recado que seu melhor amigo deixou nas entrelinhas de um livro antes de sofrer com uma terrível maldição movida pela magia negra, o caçador percebe que foi traído pela própria “família” que mantinha a promessa de cuidar dele.

Surge então um novo obstáculo, encontrar o autor da magia envolvendo seu amigo enquanto uma assustadora praga ameaça a cidade. Para isso, Kaulder é obrigado a trabalhar junto com Chloe, uma jovem bruxa interpretada por Rose Leslie.

O Último Caçador de Bruxas, da ParisFilmes prendeu totalmente a minha atenção. Se preparem para encontrar nesse filme um Vin Diesel completamente diferente daquele da franquia, “Velozes e Furiosos”, mesmo com ação do inicio ao fim presente nos dois filmes.

Agora é com vocês, comentem aí. E se ainda não assistiram, não percam mais tempo e corram que vale a pena.

Grande abraço e follow me!


@Lucaspelai         

Agradecimentos:

Revisão: Katiuscia Ovídio

Cinema: Cinépolis 


Comentários