#PELAIINDICA – COMO SOBREVIVER A UM ATAQUE ZUMBI



E aí, gente, tudo bem?!

Semana passada fui mais uma vez ao cinema (Jura Pelai? E a novidade? Desde que você descobriu que cinema existe você não sai mais de lá. – Palavra da Redação), para assistir “Como Sobreviver a um Ataque Zumbi” da PARAMOUNT PICTURES. A história conta a vida de três amigos que se conheceram quando crianças no grupo de escoteiros. Porém, dois deles, Ben – protagonizado por Tye Sheridan – e Carter – protagonizado por Logan Miller – cresceram e não veem graça em continuar sendo escoteiros, além de serem motivo de chacota de todos os outros jovens da cidade. Já o outro amigo, Augie – protagonizado por Joey Morgan – continua empolgado em ser um escoteiro.

Em paralelo a isso, temos um professor que faz estudos para transformar a raça humana em zumbis. O que aconteceu? Merda, claro! Um faxineiro mexe onde não deveria e a doença começa a se espalhar pela cidade toda. Boa amigão, você conseguiu acabar com o estudo do professor e claro, com a cidade toda, paaaalmas!!

Pois bem, o filme é bem dinâmico com cenas engraçadas e assustadoras, (No caso do Pelai isso pode gerar até um ataque do coração – Palavra da Redação). Depois de algum tempo, a cidade está parcialmente infectada e começa aí uma “operação” contra os zumbis. Primeiro para detê-los. Segundo, para evitar que os outros jovens que estão em uma festa que os mesmos chamam de secreta – onde apenas convidados podem ir – não sejam infectados. Ah, vale ressaltar que lá também está o amor platônico de Ben, a irmã de Carter.

Olha gente, é um filme que no começo me fez pensar que seria mais um filme que você só termina porque começou, mas a história conseguiu me prender e foi muito interessante. Eles brincam muito com a comédia e principalmente com os vícios dos jovens.

Então vocês perguntam - “Não vai falar que vício é esse, Pelai?” Não, não vou falar, vocês vão ter que assistir para saber.

É isso pessoal, espero que tenham gostado. Comentem aí embaixo e deixem sugestões, críticas e elogios, número de telefone ...

Grande abraço e fallow me!


@lucaspelai

Agradecimentos:

Revisão: Katiuscia Ovídio

Cinema: Cinépolis

Comentários